Dicas para abrir sua clínica médica

A maioria dos médicos sonha em ter sua própria clínica médica um dia. Aqui está um guia com dicas para abrir a sua clínica médica. Quando você começou a faculdade de medicina, provavelmente sonhava em iniciar um consultório médico algum dia. Agora você se formou e se estabeleceu trabalhando para um hospital ou outra empresa médica, esse sonho pode parecer que está se aproximando a cada dia. Abrir uma clínica médica é um trabalho árduo. No entanto, é uma das conquistas mais gratificantes da indústria médica.


Se você acha que é hora abrir a sua clínica médica, continue lendo. Estamos repassando algumas etapas que você precisará seguir para abrir seu próprio consultório médico.

 

Clínica conectada: tenha uma Gestão Global

 

Desenvolva um Plano de Negócios

Seu primeiro passo é desenvolver um plano de negócios completo. Este será o seu guia ao configurar a infraestrutura da sua clínica médica. Você também precisará dele para obter financiamento. Você deve incluir uma projeção de todas as suas despesas junto com a receita que prevê ao longo dos primeiros três anos. Suas despesas devem representar tudo, desde o equipamento até o aluguel do prédio que você ocupa.


Seu plano de negócios também deve definir seu público-alvo. Você precisa pensar sobre que tipo de clientela você planeja atrair. Em seguida, defina sua estratégia de marketing. Como pretende marcar a sua clínica e que meios irá utilizar para obter novos negócios?


Se isso parecer difícil, você pode procurar a ajuda de um estrategista de negócios.

 

Matriz de gerenciamento de tempo: o que é, como funciona

 

Estruture os serviços que deseja oferecer

Você já tem a sua área de atuação, agora é necessário pensar nos serviços que deseja oferecer, se irá agregar alguma especialidade. Isso pode parecer irrelevante, mas determinará os equipamentos que precisará comprar ou alugar, o tamanho da sala e da equipe que você precisará contratar.


Liste as características dos seus serviços, os pontos fortes e fracos da sua área de atuação e estruture como você aplicará na prática tudo o que deseja oferecer na sua clínica médica para os seus pacientes.

 

Obtenha financiamento

Obter o financiamento adequado é crucial para iniciar sua clínica. Infelizmente, muitos médicos têm dívidas extensas como resultado da faculdade de medicina, o que torna esse processo um pouco mais difícil.


Muitas instituições financeiras têm uma divisão médica que oferece empréstimos aos profissionais de saúde. Eles entendem os desafios que os médicos enfrentam e podem ajudá-los a obter financiamento para abrir a sua clínica médica.


Você precisará enviar seu plano de negócios junto com uma solicitação de empréstimo. É importante que você seja conservador com suas despesas em seu plano de negócios, especialmente no que diz respeito a seu equipamento médico. Certifique-se de enviar isso a vários bancos. Isso permitirá que você veja várias ofertas diferentes e seus termos.

 

Escolha um local para sua clínica

A localização da sua clínica é um fator que você deve considerar com sabedoria e cuidado. Com o local errado, pode ser difícil atrair novos clientes e, ao mesmo tempo, manter os existentes – conduza uma pesquisa completa antes de escolher qualquer site específico para o seu negócio. A localização ideal para negócios é acessível a pé e para veículos. 

 

Dicas de organização da rotina na Clínica Médica

 

Você também precisa considerar a estética do seu escritório. Proporcionar uma atmosfera convidativa é muito importante e aumentará a retenção do paciente. Além disso, lembre-se de que é aqui que você também vai passar a maior parte do seu tempo. Certifique-se de considerar também coisas como um amplo estacionamento e espaço para escritórios. A propriedade que você escolher deve facilitar um fluxo de trabalho tranquilo.


Ao começar, provavelmente é uma ideia melhor alugar. Se você gosta do imóvel, pode optar por adquiri-lo no futuro.

 

Obtenha o equipamento adequado

Depois que seu financiamento chegar e você escolher um local, você precisará obter todo o equipamento necessário para operar uma clínica privada. O equipamento médico de que você precisa depende do tipo de prática que você está abrindo. Você é o especialista quando se trata deste equipamento.


Você também precisará obter computadores e um
sistema de gestão para o escritório. Sua sala de espera precisará de móveis. Tente fornecer um ambiente confortável e acolhedor para seus pacientes.


Finalmente, você precisará obter todos os materiais de escritório de que sua equipe de atendimento precisará para conduzir os negócios. Ao equipar sua clínica, analise as opções de leasing para seu equipamento médico. Isso pode ajudar a reduzir parte do custo inicial.

 

Uma nova sociedade 60+

 

Contrata a equipe sua clínica médica

É hora de começar a decidir sobre os profissionais que farão parte da sua clínica. Você precisará iniciar este processo cedo para que todos estejam prontos para ir quando suas portas se abrirem. Durante o processo de contratação, seja claro quando você planeja abrir.


Esta é outra área que depende de sua prática específica. No entanto, é provável que você precise de enfermeiras certificadas e uma equipe de atendimento. Escreva descrições detalhadas de cargos e publique anúncios online. Você também precisará definir os tipos de benefícios que oferecerá a cada posição.


É muito importante que você escolha membros da equipe que entendam seus valores e estejam de acordo com o objetivo geral de sua clínica. Além disso, uma ótima capacidade de comunicação e uma disposição agradável são muito importantes na indústria médica.

 

Decida sobre o seu processo de faturamento

O faturamento é um componente importante de qualquer instalação médica. O tipo de sistema de faturamento que você implementa desempenha um grande papel na satisfação do paciente e no fluxo de trabalho de sua clínica. Você pode querer considerar a terceirização de seu faturamento, se puder. Isso eliminará grande parte da carga de trabalho e da confusão de sua equipe.

 

7 dicas para administradores de clínicas

 

No entanto, é possível realizar com sucesso o processo de cobrança e reclamações internamente. Você precisará escolher um software de faturamento médico confiável. Se você tem relacionamento com médicos que administram uma clínica particular, pergunte como eles lidam com seus serviços de cobrança. Você provavelmente receberá alguns bons conselhos para começar.

 

Divulgue sua prática

Quando você estiver fechando a data de inauguração, você precisará começar a comercializar sua clínica. Uma presença online é necessária, portanto, considere investir em um site com design profissional. Certifique-se de que ele seja compatível com dispositivos móveis para que as pessoas possam localizar você em smartphones e tablets.

 

8 dicas de marketing de saúde


Você também deve reivindicar sua ficha do Google Meu Negócio e anunciar em quaisquer diretórios médicos on-line em sua área.

 

Outros pontos importantes 

Na hora de montar a estrutura do seu plano de negócios, o ideal é que você estude seus concorrentes e analise as estratégias que estão dando certo para replicar no seu negócio. Também defina o seu público-alvo, isso determinará como será a estrutura, decoração, plano de marketing e muitos outros processos da sua clínica médica.


Abrir sua própria clínica pode ser intimidante. No entanto, ao dar um passo de cada vez e tomar decisões inteligentes, você se preparará para crescer no futuro. Use essas dicas ao formar um plano para sua clínica médica.


A eMed é a melhor empresa de software de gestão médica do país. Um sistema completo que tem do financeiro ao site, tudo o que você precisa para ter sucesso no seu empreendimento. Entre em contato com o nosso comercial e tire as suas dúvidas!

 

Clínica conectada: tenha uma Gestão Global

A transformação digital na área de saúde é o impacto positivo da tecnologia na área de saúde, ainda mais quando se busca ter uma clínica conectada para melhorar a gestão do seu negócio.

 

Se você quer ter uma clínica conectada para ter uma gestão global, você como uma empresa de saúde, provavelmente sabe que acompanhar a transformação digital na área de saúde pode ser desafiador.

 

Decidir em quais tecnologias vale a pena investir e fazer com que sua equipe participe das mudanças costuma ser a parte mais difícil. Isso significa abrir mão de processos de negócios desatualizados e confiar que a mudança trará grandes resultados.

 

 

Inovação é o nome do jogo. Com o objetivo principal de agilizar o trabalho dos médicos, otimizar sistemas, melhorar os resultados dos pacientes, reduzir o erro humano e diminuir os custos por meio de experiências incríveis na web e em dispositivos móveis. Infelizmente, as indústrias de saúde e farmacêutica ficaram para trás quando se trata de implementar estratégias digitais. Sim, você leu certo!

 

 

Na verdade, em uma pesquisa recente, apenas 7% das empresas de saúde disseram que se tornaram digitais, em comparação com 15% das empresas de outros setores. Graças à tecnologia, os pacientes recebem um tratamento melhor com ferramentas de realidade virtual, dispositivos médicos vestíveis, telessaúde e tecnologia móvel. Os médicos, por outro lado, podem agilizar seus fluxos de trabalho usando sistemas movidos por inteligência artificial.

 

 

Matriz de gerenciamento de tempo: o que é, como funciona

 

Digitalize e tenha sua clínica conectada e consiga uma gestão global

 

1) O aumento da assistência médica sob demanda

Quando você pensa em ‘sob demanda’, você pensa em consumidores que querem as coisas da sua própria maneira, em seu próprio tempo e onde quer que estejam. O setor de saúde está entrando na era da inovação digital, à medida que os pacientes procuram atendimento médico sob demanda devido a suas agendas lotadas. O celular é especialmente importante quando se considera o marketing de conteúdo.

 

 

As pessoas simplesmente se tornaram muito mais móveis na última década. Mobilidade é a palavra, e estatísticas recentes mostram que mais de 50% de toda a navegação na web no mundo ocorre em dispositivos móveis.

 

Uma das primeiras regras do marketing de conteúdo é que você deve identificar onde seus consumidores-alvo se reúnem e alcançá-los nessas plataformas, ou seja, móveis. O fato é que mais de quatro bilhões de pessoas no mundo todo estão na Internet e você pode começar a ver as possibilidades que a transformação digital na área de saúde oferece.

 

 

De acordo com DMN3, os consumidores estão se conectando para obter informações médicas pelos seguintes motivos:

47% pesquisam sobre os médicos

38% pesquisam sobre os hospitais e as instalações médicas

77% marcam consultas médicas

 

2) A importância do big data na área de saúde

Big data agrega informações sobre uma empresa por meio de formatos como mídia social, comércio eletrônico, transações online e transações financeiras e identifica padrões e tendências para uso futuro.

Para o setor de saúde, o big data pode fornecer vários benefícios importantes, incluindo:

 

Secretária médica: mantenha-se saudável

 

  • Taxa mais baixa de erros de medicação – por meio da análise do registro do paciente, o software pode sinalizar quaisquer inconsistências entre a saúde de um paciente e as prescrições de medicamentos, alertando os profissionais de saúde e os pacientes quando há um risco potencial de um erro de medicação.

 

  • Facilitando o cuidado preventivo – um grande volume de pessoas que entram em consultórios são pacientes recorrentes, também chamados de “passageiros frequentes”. Eles podem representar até 28% das visitas. A análise de big data pode identificar essas pessoas e criar planos preventivos para evitar que retornem.

 

  • Equipe mais precisa – a análise preditiva de big data pode ajudar as clínicas a estimar as taxas de admissão futuras, o que ajuda a alocar a equipe adequada para lidar com os pacientes. Isso economiza dinheiro e reduz o tempo de espera na sala de espera quando uma clínica está com falta de pessoal.

 

Com esses benefícios em mente, as empresas de saúde devem investir na organização de seus dados. Com um melhor domínio do mercado, as equipes de marketing e vendas de saúde terão mais facilidade para identificar o consumidor ideal. E uma grande parte disso é criar uma persona do cliente, que compila informações demográficas sobre o que seus clientes em potencial querem e precisam e as plataformas onde você pode alcançá-los.

 

6 Dicas de Gestão do Tempo

 

3) Tratamento de pacientes com realidade virtual

 

Dez anos atrás, dizer às pessoas que você poderia reduzir a dor com um dispositivo semelhante a um videogame teria gerado muitos olhares em branco. Sua miríade de aplicações está mudando profundamente a maneira como os pacientes são tratados.

 

É o seguinte: milhões de pessoas ainda lutam contra a dor crônica. De acordo com o CDC, 50 milhões de adultos norte-americanos tiveram dor crônica em 2016. Para eles, a RV é uma alternativa mais segura e eficiente aos medicamentos. A tecnologia de RV está sendo usada não apenas para tratar a dor, mas tudo, desde ansiedade até transtorno de estresse pós-traumático e derrame.

 

E isso é apenas uma fração das capacidades comprovadas de VR na área médica. Outros usos incluem, médicos e residentes usando simulações de realidade virtual para aprimorar suas habilidades ou para planejar cirurgias complicadas. Os fones de ouvido de realidade virtual também podem motivar os usuários a se exercitarem e ajudar as crianças com autismo a aprender a navegar pelo mundo.

 

De startups a gigantes da indústria farmacêutica, todos estão apostando na RV e existem números para apoiá-los. A realidade virtual e aumentada global no mercado de saúde deve chegar a US $ 5,1 bilhões até 2025. Se você está planejando sua estratégia de marketing digital, deve considerar investir nessa tecnologia.

 

VR é um poderoso canal de comunicação que permite, entre outras coisas, ter uma noção melhor das necessidades de seus clientes e envolvê-los virtualmente com seus produtos ou serviços.

 

 

Recursos do sistema de gestão para clínicas médicas

 

Outras ferramentas e ações para conectar a sua clínica

 

Não menos importante do que tudo do que já falamos neste artigo, há ações de menor custo e aplicação rápida na sua clínica ou consultório médico, que te ajudarão na caminhada em busca da digitalização e modernização dos processos. Confira abaixo:

 

1) Rastreie e observe

 

Comecemos pelo princípio: passe algumas semanas rastreando o fluxo de pacientes em sua clínica. Você vai querer saber quantos pacientes vê a cada dia, quanto tempo passa com cada paciente, quantos pacientes estão lá pela primeira vez e quais dias são mais populares para as primeiras consultas. Essas informações podem ajudá-lo a identificar quando a carga de seu paciente está igual ou acima da capacidade e alocar um período de tempo apropriado para cada visita.

 

2) Oferecer agendamento online

 

A maioria das práticas médicas que oferecem agendamento online vê uma redução no trabalho da equipe, tempo de espera do paciente e não comparecimento, de acordo com um estudo publicado no Journal of Medical Internet Research. Seus pacientes apreciarão a conveniência de agendar consultas online. Enquanto isso, sua equipe apreciará gastar menos tempo em tarefas administrativas.

 

3) Use tecnologia

 

Automatize tarefas demoradas, como lembretes ao paciente, recargas de receitas e pagamento de contas. Implemente um sistema de chat para que todos em sua equipe possam se comunicar rapidamente. Fique de olho nas tecnologias que ajudam os médicos a prever não comparecimentos e agendar de maneira mais inteligente. Por último, certifique-se de treinar cada membro da equipe em todas as novas tecnologias para garantir que tudo funcione perfeitamente.

 

4) Realizar reuniões de equipe

 

Sua clínica sofre com o no-show? Saiba como resolver esse gap na sua gestão

 

Reúna-se com sua equipe todas as manhãs para discutir as necessidades dos pacientes que chegam naquele dia e criar um plano para gerenciar o tempo e os recursos. Em reuniões subsequentes, destaque os problemas do paciente que ocorreram e ofereça maneiras de evitar que esses problemas aconteçam novamente. Essas reuniões não precisam durar muito – até mesmo uma reunião rápida bastará – mas podem ser muito úteis para evitar confusão e perda de tempo.

 

E agora, pronto para iniciar a gestão global da sua clínica médica integrada virtualmente? Pode parecer demais, mas a equipe da eMed está pronta para te ajudar a começar essa jornada. Nosso software oferece muitos dos serviços que foram citados, como: big data, agendamento online, a criação de um site personalizado para o seu negócio, agendamento online, gestão financeira, relatórios em tempo real, e muito mais. Entre em contato e saiba como podemos te ajudar nisso.

 

 

 

 

Solicite sua Demonstração AGORA!

Soluções que unem gestão de serviços, produto e atendimento personalizado. Conheça por que somos o mais completo sistema de gerenciamento e gestão médica do Brasil!


eMed Tecnologia - Todos os Direitos Reservados | Politica de Privacidade