Planejamento Tributário para Clínica Médica

O planejamento tributário é fundamental para uma boa gestão financeira de qualquer negócio empresarial e não poderia ser diferente no caso de clínicas médicas e profissionais da área da saúde. Como os custos tributários ocupam destacada posição nas contas a pagar de toda empresa, quem não quer reduzir esses e pagar menos impostos em sua clínica médica?

 

O tema central é fazer você entender, como o planejamento tributário para clínicas médicas pode reduzir seus pagamentos de impostos e, melhor ainda, de forma segura sem riscos futuros.

 

Tendências do Mercado Digital na Saúde em 2022

 

Apesar da busca na redução da carga tributária, uma boa gestão da clínica médica também pode colocar dinheiro no caixa. A gestão tributária consiste em uma série de ações que uma empresa deve desempenhar na hora de organizar e planejar o recolhimento de tributos, mas com objetivos estratégicos para a organização. Confira a seguir:

 

Como funciona o Planejamento Tributário

 

O planejamento tributário é simplesmente uma forma de reduzir os impostos de forma legal para clínicas médicas e consultórios. Para fazer esse planejamento, precisamos de todas as informações da empresa tais como:

 

1 – Faturamento mensal

2 – Relação de despesas operacionais (incluindo trabalhista) e principalmente entender da atividade da clínica e seus respectivos códigos de serviços

3 – A estrutura societária também precisa fazer parte do planejamento 

 

O regime tributário mais adequado para a sua clínica

 

O regime tributário é o conjunto de leis que definirão quais tributos sua clínica pagará ao governo. Ou seja, a escolha certa previne problemas e evita que a empresa pague mais do que precisa aos cofres públicos. Consequentemente faz a empresa economizar, revertendo o orçamento para outras áreas da clínica. Entenda quais as opções disponíveis.

 

10 aplicativos para médicos

 

  • EIRELI Pessoa Física

 

A sigla EIRELI significa Empresa Individual de Responsabilidade Limitada. Este tipo de regime é uma categoria empresarial com apenas uma pessoa com responsabilidade limitada sobre o empreendimento. Com a EIRELI, é possível separar patrimônio empresarial do privado. Dessa forma, é possível que o empreendedor responda limitadamente ao capital social. 

 

A categoria requer um capital mínimo de 100 vezes o valor do salário mínimo no momento em que a empresa for registrada e o faturamento anual estipulado deve ser de até 4,8 milhões.

 

  • Simples Nacional Pessoa Jurídica

 

A categoria do Simples Nacional é indicado para microempresas e empresas de pequeno porte com receita bruta de até R$ 3,6 milhões anuais. O regime oferece alíquotas menores e simplicidade da agenda tributária, facilitando o controle. 

 

  • Lucro Real Pessoa Jurídica

 

Gerenciamento centralizado de dados clínicos

 

O Lucro Real é o regime tributário mais amplo, podendo ser utilizado por qualquer pessoa jurídica com faturamento superior a R$ 78 milhões. Neste caso, o cálculo de impostos de acordo com o lucro real é feito com base no lucro contábil, formado pelo lucro líquido menos as adições, exclusões e compensações fiscais.

 

Ou seja, em caso de prejuízo, não há imposto de renda a ser pago. A adesão a este regime também impõe à empresa uma série de obrigações como, fazer inventário e o Demonstrativo de resultado do Exercício (DRE), além de outros documentos que declaram o lucro apurado exigido pela Receita Federal.

 

  • Lucro Presumido Pessoa Jurídica

 

Com o regime tributário Lucro Presumido, a tributação é calculada tendo como referência o lucro verdadeiro da empresa, mas que varia conforme a atividade desenvolvida, variando entre 1,6% e 32% da receita. No entanto, o faturamento anual deve ser igual ou inferior a R$ 78 milhões.

 

Esta categoria é indicada para empresas cuja margem de lucro é maior do que a presunção, assim como para aquelas que têm poucos custos operacionais e com folha de pagamento. 

 

É fundamental que antes de escolher pelo Lucro Presumido, a empresa avalie sua lucratividade, pois, se o percentual for superior ao do Lucro Real, esta pode não ser a melhor categoria para se enquadrar.

 

O Impacto da Transformação Digital na Saúde

 

Conheça a Tributação da área da saúde

 

Certamente, é muito importante que o prestador de serviço que pretende registrar seu consultório médico converse com um contador para entender como funciona a tributação para a área médica. Juntos podem avaliar e definir se a melhor opção de tributação é por pessoa física ou pessoa jurídica. 

 

Se optar pela segunda, também deve definir qual será a modalidade escolhida.

 


Conheça quais são os principais tributos obrigatórios para a área médica:

 

  • ISS (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza): veio para substituir o antigo ISSQN. Trata-se de um imposto de competência dos municípios e Distrito Federal que incide sobre a prestação de serviços. O tributo é pago pelas empresas prestadoras de serviços e profissionais autônomos.

 

  • IRPJ — Imposto de Renda sobre Pessoa Jurídica: trata-se do imposto cobrado e específico para empresas com cadastros jurídicos. Esta é uma das principais fontes de arrecadação do governo federal. Todas as empresas devem declarar esse imposto, incluindo as individuais e não formais.

 

  • IRPF — Imposto de Renda sobre Pessoa Física: este imposto pode substituir o IRPJ, dependendo do regime tributário que o dono da clínica escolher. Em síntese, trata-se do imposto cobrado de pessoa física. 

 

  • CLSS — Contribuição Social sobre o Lucro Líquido para as clínicas registradas por Pessoa Jurídica: é um tributo federal que incide sobre todas as Pessoas Jurídicas (PJ) domiciliadas no Brasil. Seu objetivo é o de apoiar financeiramente a Seguridade Social.

 

  • COFINS — Contribuição para Financiamento da Seguridade Social: é um tributo federal que incide sobre a receita bruta das empresas e pessoas jurídicas. Também tem como objetivo financiar o sistema de seguridade social brasileiro.

 

  • PIS — Programa de Integração Social: o PIS é uma contribuição social recolhida pelas empresas do setor privado que são transformadas em benefícios para os trabalhadores.

 

  • INSS — Instituto Nacional do Seguro Social: este é o imposto responsável pelos pagamentos dos aposentados e demais benefícios da Previdência Social.

 

Pesquisa de satisfação do paciente

 

Podemos perceber que existem vários fatores quando falamos de planejamento tributário para consultórios e clínicas médicas. Porém, quando você investe em um sistema de gestão que permite centralizar todas as informações, tudo fica mais claro e fácil de administrar.

 

Para que você possa focar no que realmente importa – seu paciente – entre em contato e solicite uma demonstração do melhor software de gestão médica do país. Entre em contato com o time de especialistas da eMed.

5 tendências em saúde digital para 2021

A saúde digital tem potencial para melhorar muito os serviços de saúde, mas, até recentemente, não era uma grande prioridade para os investidores. Se algo positivo surgiu com a pandemia de coronavírus, é que abriu uma nova oportunidade para revisitar como pensamos em saúde, da telemedicina à pesquisa e dados à colaboração.

 

Apesar do fato de que a indústria de tecnologia de saúde teve um crescimento lento anteriormente, o desenvolvimento era necessário para controlar a pandemia. A inteligência artificial na assistência médica, bem como outros avanços significativos, são essenciais para resolver a crise e criar desenvolvimento futuro.

 

2020 foi um desafio para o setor de saúde como um setor com mais funções e obrigações na pandemia. 2021 e a situação ainda é incerta em relação à pandemia, porém, os avanços tecnológicos nunca vão parar para facilitar o processo e ter um melhor desfecho no setor de saúde. 

 

Escolhemos 5 tendências em eSaúde que deverão se consolidar em 2021.

 

  1. A expansão da telemedicina

A telemedicina, ou a prática de médicos atendendo pacientes virtualmente em vez de em escritórios e hospitais tradicionais, aumentou tremendamente durante a pandemia, já que as populações em todo o mundo têm limitado contato físico. Esta prática tem demonstrado que as consultas remotas não são apenas possíveis, mas também fáceis e muitas vezes preferíveis.

Alguns especialistas afirmam que este é apenas o começo e que em breve a escala da telemedicina aumentará. Além das consultas remotas, os especialistas dizem que já estamos observando um aumento no uso de dispositivos médicos em casa, como o monitoramento remoto de pacientes com câncer por meio do aumento do uso de sensores.

 

  1. Big Data e análise preditiva

A organização e a comparação de dados de saúde de longo alcance é um desafio em si. A combinação de computação inovadora, tecnologias avançadas de banco de dados e software analítico de linha de frente fez com que o big data encontrasse sua aplicação verdadeiramente necessária no campo da saúde.

Uma enorme quantidade de informações de saúde está sendo gerada em nível organizacional e individual, desde o diagnóstico médico e dados de imagem em medicamentos até a observação de informações sobre condicionamento físico. As ferramentas analíticas de big data produzem experiências confiáveis ​​e calculadas a partir desses volumes de informações em um período muito curto.

 

  1. O poder da IA ​​e da saúde digital

A inteligência artificial terá um grande papel na transformação digital da saúde. Na verdade, espera-se que o mercado de saúde de IA ultrapasse $ 34 bilhões até 2025.

 

No momento, a maioria dos pacientes provavelmente já interagiu ou ouviu falar de alguma forma de IA, como os chatbots que oferecem serviços de atendimento ao cliente a terapia. Mas o futuro da IA ​​está na medicina de precisão, genômica, descoberta de medicamentos e imagens médicas. Veja os tratamentos de câncer, por exemplo. Ao usar o reconhecimento de padrões da AI, os médicos podem prescrever planos de tratamento personalizados adaptados à composição genética e ao estilo de vida do paciente.

 

No geral, a IA global no mercado de diagnóstico de saúde foi avaliada em quase $ 3,7 bilhões em 2019, e deve chegar a quase $ 67 bilhões em 2027, e startups em todo o mundo já estão aproveitando a oportunidade para criar a próxima peça disruptiva de tecnologia de saúde.

 

  1. Aplicativos, wearables e soluções de automonitoramento

Os aplicativos de automonitoramento vêm em várias formas, mas uma que está tendo retornos promissores são os dispositivos vestíveis, um mercado que deve atingir mais de $ 27 milhões em 2023, ante $ 8 milhões em 2017. De sensores de frequência cardíaca e rastreadores de exercícios a medidores de suor para ajudar os diabéticos a monitorarem o nível de açúcar no sangue e os oxímetros que monitoram a quantidade de oxigênio no sangue para pacientes respiratórios, o mercado de vestíveis está capacitando as pessoas a cuidar de seus próprios cuidados de saúde.

 

  1. Impressão 3D

O futuro dos serviços médicos é observado de forma abrangente com a tecnologia de impressão 3D com a impressão do tecido corporal até os apêndices artificiais, veias, pílulas e alguns mais. As organizações estão entregando tecidos de pele com plaquetas que ajudam a suplantar a queimadura de pele e outros problemas relacionados à pele enfrentados pelos pacientes. Os medicamentos impressos a partir de avanços de impressão 3D têm sido usados ​​desde 2015 e são endossados ​​pelo FDA.

 

Como podemos nos preparar para um 2021 melhor?

Este ano nos ensinou que flexibilidade e adaptabilidade são fundamentais para garantir altos padrões de saúde. As ferramentas e serviços digitais que colocam os profissionais de saúde no centro de suas plataformas certamente crescerão em 2021, e estamos para desenvolver e garantir uma gestão digital cada vez mais completa e que atenda as necessidades das clínicas médicas. 

 

Quer Digitalizar a sua Clínica Médica? Entre em contato e solicite uma demonstração clique aqui.

Confira nosso webinar sobre LGPD na Saúde: Sua clínica está preparada? Acesse aqui

 

Fale com um de nossos consultores AGORA!

No Sistema de Gestão para Clínicas da eMed, você encontra soluções que unem gestão de serviços, produto e atendimento personalizado. Conheça por que somos o mais completo software de gestão médica do Brasil!


eMed Tecnologia - Todos os Direitos Reservados | Politica de Privacidade